Incêndios

Loading...

Terrorismo

Loading...

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Dimensionamento de Saídas de Emergência



Vamos exemplificar o dimensionamento de saídas de emergência consideremos o caso da Boate Kiss. Por falta de dados mais precisos, utilizaremos, para os cálculos, alguns valores obtidos em publicações de jornais e revistas.
É importante observar que, além destes cálculos, outras exigências adicionais sobre largura de saídas podem ser necessárias e não foram aqui consideradas. Além disso, a NBR-9077 estabelece uma série de parâmetros para os Acessos, Rampas, Escadas, Guardas e corrimãos, Elevadores de emergência, Áreas de refúgio, entre outros, que também não foram considerados.

Dados da Boate *

  • Área interna = 615m²
  • Lotação prevista = 691 pessoas
  • Saídas de emergência = 1 (!?!)
  • Largura da porta principal = 3m (aprox.)

Definições da Norma


  • NBR 9077, Item 3.54 - Unidade de passagem = Largura mínima para a passagem de uma fila de pessoas, fixada em 0,55 m. Nota: Capacidade de uma unidade de passagem é o número de pessoas que passa por esta unidade em 1 min.
  • NBR 9077, Item 3.44 - População = Número de pessoas para as quais uma edificação, ou parte dela, é projetada.

Características da Boate

  • Tabela 1 - Classificação das edificações quanto à sua ocupação = F6 (Boates e clubes noturnos em geral, salões de baile, ....)
  • Tabela 2 - Classificação das edificações quanto à altura = K (Edificações térreas)
  • Tabela 3 - Classificação das edificações quanto às suas dimensões em planta = P (Sp < 750 m²)
  • Tabela 4 - Classificação das edificações quanto às suas características construtivas = X (Edificações em que a propagação do fogo é fácil) OBS: considerando o revestimento acústico altamente inflamável.

Dimensionamento das saída

Tabela 5 - Dados para o dimensionamento das saídas.
  • F6 => População (aqui a População não foi calculada devido a falta de dados quanto as áreas de sanitários, conforme 4.3.4, que estabelece que exclusivamente para o cálculo da população, as áreas de sanitários nas ocupações E e F são excluídas das áreas de pavimento. (considerou-se 691 pessoas).
  • F6 => Capacidade da Unidade de passagem = 100
Tabela 7 - Número de saídas e tipos de escadas
  • Dimensão = P (área de pavimento ≤ 750 m²)
  • Altura = K
  • Ocupação = F-6
  • Resultado: número mínimo de saídas = 2

NBR 9077, Item 4.4.1.2 A largura das saídas, isto é, dos acessos, escadas, descargas, e outros, é dada pela seguinte fórmula:

N = P/C = 691/100 = 6,91 => 7

Onde:
N = número de unidades de passagem, arredondado para número inteiro
P = população, conforme coeficiente da Tabela 5 do Anexo e critérios das seções 4.3 e 4.4.1.1 **
C = capacidade da unidade de passagem, conforme Tabela 5 do Anexo

São necessárias portanto, 7 Unidades de Passagem. Como visto em DEFINIÇÕES, no item 3.54 da NBR-9077, cada unidade de passagem tem 0,55m, portanto:
  • Resultado: largura total de saídas  = 7x0,55 = 3,85m

Com base nos dois resultados apresentados, tire suas conclusões (!)
------------------------------------------------------------------------------------------------------------

(*)  retirados de publicações da imprensa.
(**) neste caso utilizou-se novamente os dados retirados de publicações da imprensa, ou seja, População = 691 pessoas.

Um comentário:

  1. Moisés
    Parabéns pela matéria. Importante e esclarecedora. Todo o profissional de segurança deve estar atento à esses detalhes.

    ResponderExcluir